A presença do militarismo israelense na América Latina e no Caribe é preocupante. Com relações que se fortaleceram durante as ditaduras de diferentes países, o continente surge como um território-chave em termos de compra de materiais de guerra e tecnologias no domínio da segurança civil e cibersegurança. Esses materiais têm sido usados para manter a população sob controle, espionar e reprimir os diferentes movimentos sociais.


Para isso, disponibilizamos informações sobre o militarismo israelense em cada um dos países, um mapa de incidentes que mostra as diferentes contratações em cada um dos territórios e também uma página que mostra as diferentes feiras de armas existentes. Desta forma, você pode escolher o país de seu interesse, obter informações sobre as empresas que são contratadas e ajudar a boicotar Israel.


Se você deseja denunciar algum ato de militarismo israelense em seu país e não sabe como, clique aqui.